ESPORTE

Libertadores, os roteiros dos clubes brasileiros

Aconteceu nesta quinta-feira, 20 de Dezembro, no Centro de Convenções da Conmebol, em Luque, Paraguai, o sorteio que emparceirou os 47 clubes participantes da 59ª edição da Copa Libertadores.

Por araguaianews em dezembro 21, 2017

Libertadores, os roteiros dos clubes brasileiros

1513708611 462644 1513817567 noticia normal Libertadores, os roteiros dos clubes brasileiros

Aconteceu nesta quinta-feira, 20 de Dezembro, no Centro de Convenções da Conmebol, em Luque, Paraguai, o sorteio que emparceirou os 47 clubes participantes da 59ª edição da Copa Libertadores. A competição começará em 22 de Janeiro de 2018 e prosseguirá, em sete fases, até as suas pelejas decisivas, 7 e 28 de Novembro. Oito clubes do Brasil obtiveram inscrição. Eis como o bingo da entidade continental, nem sempre generoso, planificou os seus roteiros.

Por causa de suas colocações no Campeonato Brasileiro, respectivamente a sétima e a oitava, o Vasco da Gama e a Chapecoense se obrigaram a duelos prévios, de mata-mata, que decidirão, ou não, pelo seu desembarque na etapa de grupos. A Chape compulsoriamente necessita suplantar o Nacional/URU, que ajudou a eliminá-la nos grupos de 2017. O Vasco, aparentemente, tem um trajeto simples, no qual a adversária mais perigosa é a altitude de Cochabamba, sede do Jorge Wilstermann da Bolívia.

gremio campeao copa libertadores 2017 Libertadores, os roteiros dos clubes brasileiros

Cabeça-de-chave número 1, o Grêmio/RS, recém sagrado o campeão da Libertadores, ao menos não se preocupará com as viagens longas. Recebeu inimigos razoavelmente acessíveis, o Defensor/URU e o Cerro Porteño/PAR. Este, aliás, acaba de trocar o seu antigo alçapão por uma arena moderna e confortável. O único traslado, digamos, mais cansativo dos gaúchos, os conduzirá a Maturin, a sede do ainda inexperientíssimo, basicamente jejuno, Monagas da Venezuela.

Na chave 4 o Flamengo se digladiará com o dificílimo River Plate/ARG, com o traiçoeiro Emelec de Guaiquil, Equador, e com um time proveniente das repescagens, possivelmente o Independiente Santa Fé, que atua na altitude de Bogotá, Colombia. Duas árduas visitas. E, na chave 5,  além dos intrincadérrimos Racing da Argentina e Universidad de Chile, corre o risco de receber, da fase de mata-matas, nada menos que um compatriota, o Vasco, ascendente dos duelos de mata-mata.

corin Libertadores, os roteiros dos clubes brasileiros

Além do elenco aguerrido dos Estudiantes da Argentina e do livre-atirador Real Garcillazo do Peru, o Santos corre o risco de herdar, das repescagens, a Chapecoense. Mas, é o favorito da chave 6. Ao Corinthians, na chave 7, azar, sobraram o Independiente de Buenos Aires, carrasco do Flamengo na decisão da Sul-Americana, faz uma semana, e as duas piores viagens. Até Barquisimeto, Venezuela, onde atua o Deportivo Lara. E até Bogotá, com a sua altitude cruel e os renovados Millionários da Colômbia.

Enfim, na chave 8, ao Palmeiras couberam opositores de antigamente, em outros idos, áureos idos, como o Boca Juniors da Argentina, o Alianza Lima do Peru e um dos remanescentes das fases prévias. Bem capaz de topar com um dos times do sempre incômodo Paraguai: ou Guarani ou Olímpia. Impiedoso, porém, só o viejo Boca.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta nossa página

Compartilhe conosco

Envie sua sugestão de notícia, foto ou vídeo!

contato@araguaianews.com.br

© ARAGUAIA NEWS
PORTAL DE NOTÍCIAS DE ALTO ARAGUAIA - MT