Para deputado, pressão dos prefeitos fez base de Taques assinar CPI

Allan Kardec afirma que base governista tem responsabilidade em garantir que investigação "não acabe em pizza"

Por araguaianews em janeiro 22, 2018

Para deputado, pressão dos prefeitos fez base de Taques assinar CPI

Allan Kardec afirma que base governista tem responsabilidade em garantir que investigação “não acabe em pizza”

O deputado estadual Allan Kardec (PT) afirmou que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar o suposto desvio de recursos dos fundos não pode ser caracterizada como uma CPI da oposição. O parlamentar afirmou que a ideia é que todos participem do processo, seja da base ou não.

A Comissão irá investigar o uso indevido, por parte do Governo do Estado, de recursos que deveriam ter sido aplicados no Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Segundo Kardec, a pressão de prefeitos e das escolas do interior foram determinantes para que os parlamentares da base de apoio do governador Pedro Taques assinassem o pedido de abertura da CPI.

“Não é caracterizada como uma CPI da Oposição. Nós somos cinco e ao longo do ano, tentamos abrir outras, mas não conseguimos. A partir de agora, com a pressão dos prefeitos no interior e das escolas, os deputados acharam por bem aderir a Comissão. Então acredito que os deputados da base devem responder esta questão. Nós da oposição, estamos no nosso papel da fiscalização”, afirmou.

O parlamentar destacou que os parlamentares da base detêm a responsabilidade de colaborar com o curso das investigações para que ela não termine em pizza. “Eu acredito que os deputados da base que assinaram a CPI terão a responsabilidade de manter o curso da investigação. Não queremos entregar uma pizza para a sociedade, mas sim um relatório que condiz com o tamanho da Assembleia Legislativa. A ideia é que a gente dialogue com todo mundo essa semana e que todos participem deste processo de analise investigativa dos recursos dos fundos”.

Allan Kardec afirmou que, com o suposto uso dos recursos, os municípios foram prejudicados, já que deixaram de investir em outras áreas para cumprir com os compromissos feitos com a Educação. “Houve um empobrecimento dos municípios por falta deste recurso durante o ano. O prefeito teve que tirar recursos de outra fonte, para poder pagar por exemplo o salário de seus professores. Isso é muito grave. O governador terá que responder administrativamente, juridicamente e politicamente pelos seus atos ao final do relatório desta CPI. O governador nem sequer preparou os municípios para receber estes recursos”, completou.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *