Obrigado Antônio Borges de Oliveira e Alcides Batista, pelo investimento do titulo da taça governador

A pessoa pode trocar de cônjuge, casa ou trabalho, mas a paixão por futebol permanece intocada. E paixão não se explica, acontece. Em Alto Araguaia é quase obrigatório, um impulso que deixa o corpo em estado de beatificação

Por araguaianews em fevereiro 2, 2018

Araguiense é apaixonado por futebol

A pessoa pode trocar de cônjuge, casa ou trabalho, mas a paixão por futebol permanece intocada. E paixão não se explica, acontece. Em Alto Araguaia é quase obrigatório, um impulso que deixa o corpo em estado de beatificação, pois eleva a alma. É o amor da força nacional, e o amor vence tudo.

A paixão não é eterna, menos mal. Ela se transforma com o tempo em amor, algo mais duradouro e eterno. Quem vê um torcedor apaixonado por futebol sabe que isto deixa sua essência mais completa, para obter uma imensa sensação de plenitude.

Alguns se sentem mais vivos com esta paixão interior, que é a chama da vida humana, o fogo no peito que torna qualquer um mais confiante. Este fogo nos leva ao entusiasmo, palavra derivada de entheos que significa deus interior. Portanto, quando alinhamos nossa vida com um propósito superior abrimos ao fluxo da sabedoria em nossa psique. Se você deseja ser feliz, fique o mais perto possível do canal onde flui sua vida.

Antônio Borges de Oliveira explica que  o futebol pode ser oficializado como a paixão nacional e os motivos para essa afirmação são quatro: sempre foi popular (fácil de praticá-lo), está relacionado à diversão (nas agremiações mais populares era comum misturar futebol e carnaval), é a representação do nosso país, pois a população se identifica com os jogadores (em 1938 o sentimento nacional se consolidou em torno do futebol), além da convicção de que o Brasil tem o melhor futebol do mundo.

Alguns sociólogos dizem que para conhecer uma sociedade, basta saber qual é o esporte mais popular do país. Acertaram em cheio, pois somos realmente um povo apaixonado onde os torcedores se esquecem de todos os problemas.

Nosso futebol está associado à criatividade; uma mescla de arte corporal e mental cuja finalidade é obter a plenitude, a felicidade.

Antônio Borges de Oliveira é um verdadeiro Araguaiense e apaixonado por futebol, corintiano de coração, resolveu investir no futebol no município de Alto Araguaia-MT.

O Estádio local por nome de “Belinão´´ bateu todos os recordes de publico, moradores da cidade e região estavam sempre presente em todos os jogos do Araguaia Atlético Clube.

A Copa Federação Mato Grossense de Futebol é um torneio realizado no segundo semestre para decidir um dos representantes do estado no Copa do Brasil do ano seguinte.

E contando um pouco o que foi a final do campeonato

  1. O nervosismo neutralizou a equipe do União, que apesar das boas condições mais uma vez repetiu o placar de vice-campeão.

Aos 15 minutos do segundo tempo, Valtinho (camisa 05) marcou o gol que garantiu o título da 5ª Copa Governador do Estado ao Araguaia Atlético Clube, dentro de casa. O único gol que sustentaria a vitória ao Araguaia, na noite deste domingo, 31, no Estádio Municipal Antônio Afonso de Melo, o “Bilinão”, abalou a confiança do União Esporte Clube que apesar dos constantes ataques não conseguiu reverter a vantagem.

O nervosismo neutralizou a equipe do União, que apesar das boas condições mais uma vez repetiu o placar de vice-campeão, a exemplo do Campeonato Mato-grossense no primeiro semestre, quando perdeu o título para o Mixto Esporte Clube. Muitos acreditam que as sucessivas derrotas do União, ficando sempre a um passo da vitória, se deve a antiga lenda da lavadeira. Contam os mais antigos que o clube mantinha uma lavadeira responsável pelo cuidado com os uniformes dos jogadores, e que ao ser demitida, a lavadeira não recebeu seu pagamento, e como vingança, jogou uma “praga” no clube, a de que jamais conquistaria vitória. Por isso a torcida adversária até hoje brinca com a imagem da lavadeira durante as partidas.

Invicto no campeonato, o Araguaia se limitou a defender sua área, impedindo a chegada do União, que manteve o domínio de bola na maior parte do tempo, mas não conseguia finalizar. Com a vitória, o Araguaia, também conhecido por “Pantera Negra”, conquistou seu primeiro título de expressão e garantiu sua vaga para as disputas do Campeonato Brasileiro Série D, em 2009.

“O Araguaia estreou muito bem no cenário estadual, contou com a formação de uma equipe com grande nível técnico, não apenas o caso do Araguaia, as equipes estão trazendo os atletas da base e cumprindo o objetivo da Copa Governador que é descobrir e trabalhar os talentos, e o Estado é um dos grandes responsáveis por isso, sempre buscamos estabelecer um bom calendário para o futebol, com o fortalecimento do campeonato estadual, as disputas pelas categorias sub-18 e sub-20, a implantação da copa governador, a implantação campeonato amador e da segunda divisão, conseguimos fechar um calendário forte”, concluiu Baiano Filho, secretário de Estado de Esportes e Lazer, que estava presente a final.

“Tivemos uma grande festa, as equipes respeitaram as condições, foi uma disputa acirrada.

ARAGUAIANEWS, agradece a todos que já investiram no futebol local, e logo também faremos uma grande homenagem ao nosso conterrâneo “Albani Berigo“ homem que chegou a vender seus pertences para manter o Gabiroba de açúcar em Campeonatos Locais e Estaduais. E um agradecimento a toda equipe técnica que também fizeram história no titulo Estadual “ Governador´´, ao então prefeito na época, Alcides Batista Filho.

Fonte: Redação

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *