728X90

Em quatro dias, incêndio florestal destrói 3,1 mil hectares de área de proteção das Cabeceiras do Rio Cuiabá

Um incêndio florestal atingiu a Área de Proteção Ambiental das Cabeceiras do rio Cuiabá e destruiu mais de 3,1 mil hectares

Por araguaianews em agosto 8, 2019

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo começou no sábado foi controlado na terça-feira

Um incêndio florestal atingiu a Área de Proteção Ambiental das Cabeceiras do rio Cuiabá e destruiu mais de 3,1 mil hectares. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo começou no sábado (3) e foi extinto na terça-feira (6). A ocorrência foi divulgada nessa quarta-feira (7). A operação exigiu a atuação de 16 bombeiros, sendo 11 militares por terra, mais a aeronave (piloto e co-piloto) e seu apoio no solo para abastecimento de água e combustível. A operação de combate aéreo utilizou mais de 30 mil litros de agente extintor.

O combate contou com o Batalhão de Emergências Ambientais (BEA) e o Grupo Aviação Bombeiro Militar (GavBM). O Grupo de Aviação Bombeiro Militar ainda deve permanecer na região para realizar voos de monitoramento e rescaldo. O Corpo de Bombeiros destacou que o apoio dos moradores locais foi fundamental para o sucesso da operação, no suporte para a base e também no combate terrestre onde houve a atuação em conjunto.

A Área de Proteção Ambiental Cabeceiras do Rio Cuiabá é uma unidade de conservação do tipo uso sustentável e foi criada em 1999, abrangendo uma região de 473 mil hectares nos municípios de Rosário Oeste, Nobres, Nova Brasilândia e Santa Rita do Trivelato.

Fonte: Fonte: Odocumento

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *