728X90

Justiça notifica Fagundes para apresentar alegações finais em ação da Operação Sanguessuga

Por araguaianews em março 19, 2020
Justiça notifica Fagundes para apresentar alegações finais em ação da Operação Sanguessuga

A notificação foi expedida no dia 13 de março pelo juiz Paulo Cézar Alves Sodré, da Sétima Vara da Justiça Federal em Mato Grosso. O caso tramitava no Supremo Tribunal Federal (STF).

A ação penal está relacionada à chamada Operação Sanguessuga. A ministra Rosa Weber, do STF, reconheceu o fim do foro privilegiado do senador Wellington Fagundes.

Acusação descreve o recebimento indevido de valores no período entre 2001 e 2006 pelo então deputado federal, o que teria ocorrido em troca da assinatura de emendas parlamentares autorizando convênios entre União e municípios para a aquisição de ambulâncias.

As aquisições eram direcionadas à empresa Planam, que em troca da operação transferia recursos para a conta do acusado e de seus parentes, por intermédio de empresas vinculadas.

Segundo o relatado na denúncia, o deputado disponibilizou seu mandato parlamentar em favor de Darci e Luiz Antônio Vedoin, proprietários do grupo Planam, a quem teria garantido recursos por meio de emendas parlamentares, que subsidiaram a aquisição de ambulâncias em vários municípios do Mato Grosso.

Em troca, o parlamentar teria recebido vantagem patrimonial indevida no valor mínimo de R$ 100 mil, por método de dissimulação da origem dos recursos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *