728X90

Andrés e o blefe: Corinthians não jogar mais domingos, nem à noite

Por araguaianews em maio 12, 2020

Depois de pagar R$ 750 mil a Paulo André por partidas nos finais de semana e noturnas, Andrés usa Globo e CBF para tentar mudar a Lei Pelé

Andrés agiu com estratégia. Pagou processo, escreveu e vazou a carta à Globo

Esse é um trecho marcante de um dos filmes prediletos do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, Tropa de Elite.

Ele decorou o que viu no cinema.

E resolveu aplicar ontem, com a TV Globo, CBF e Federação Paulista de Futebol.

A carta que enviou aos três, e fez questão de que um assessor vazasse o conteúdo para a imprensa, foi pura estratégia.

Andrés sabe que não há o menor respaldo a ameaça de o Corinthians não jogar aos domingos, nos feriados e à noite, como mandou escrever.

“Na hipótese de serem agendadas partidas à noite ou aos domingos, o Sport Club Corinthians Paulista se reserva no direito de eventualmente não participar dos referidos jogos.”

Paulo André cobrou adicional noturno por vencer o Mundial de Clubes

Paulo André cobrou adicional noturno por vencer o Mundial de Clubes

Reprodução Twitter

Existem contratos assinados com a Globo, há o regulamento do Paulista, do Brasileiro, da Copa do Brasil.

O que Andrés quis foi provocar uma discussão, alertar os clubes da necessidade de alteração na legislação desportiva, que feche uma brecha jurídica importantíssima.

O Corinthians teve de fazer um acordo na justiça com o ex-zagueiro Paulo André, que atuou no clube entre 2009 e 2014.  Ele reinvindicou adicional noturno por partidas à noite e adicional por jogar aos domingos e feriados.

O volante Maicon também processou o São Paulo pelo mesmo motivo. E conseguiu R$ 200 mil pelos jogos à noite e partidas aos domingos e feriados. Ele atuou entre 2012 e 2015 no Morumbi.

Outros jogadores se preparam para seguir o mesmo caminho.

O precedente foi aberto.

Daí Andres perceber a necessidade de, como ele disse a conselheiros, no Parque São Jorge, ‘fazer barulho’.

O recado chegou até a cúpula da CBF.

Ao secretário-geral Walter Feldman.

Maicon. Tese de jogos noturnos e aos domingos pelo São Paulo deu certo

Maicon. Tese de jogos noturnos e aos domingos pelo São Paulo deu certo

Reprodução Twitter

Ele sabe que será um caos para os clubes se a Justiça Trabalhista seguir considerando os jogadores ‘trabalhadores normais’.

Daí a necessidade da adequação da Lei Pelé, a que rege a relação entre os clubes e os jogadores.

A Globo nem se pronunciou à imprensa.

Mas vai seguir colocando seu clube favorito em São Paulo, nos jogos de quarta à noite e domingo à tarde.  É a equipe que dá mais audiência na cidade mais rica do país.

Andrés conseguiu ‘fazer o barulho’ que queria.

Clubes, Federações e, principalmente, a CBF estão mobilizados para alterar a legislação.

O ídolo de Andres, Capitão Nascimento, ficaria orgulhoso.

Ele aprendeu o que significa estratégia…

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *