728X90

Auxílio emergencial: Identificadas 22 pessoas das classes A e B que receberam os R$ 600 em Alto Araguaia

Por araguaianews em julho 23, 2020

Levantamento mostra que 22 pessoas de Alto Araguaia das classes A e B conseguiram sacar o auxílio emergencial.

 

Alto Araguaia tem pouco mais de 5 mil  famílias nas classes A e B. Integrantes de 30% destes pediram o auxílio emergencial de R$ 600, não foram todos que conseguiram aprovação (desenhado pelo governo para socorrer os mais necessitados diante da crise do novo coronavírus), 22 delas embolsaram o dinheiro, segundo informações do site de transparência da Caixa Econômica Federal. O que pode parecer um escândalo para os mais humildes que se aglomeram em filas para receber e aguardam meses a análise dos CPS se tornou prática corriqueira e sem culpa dos integrantes da parte de cima da pirâmide social.

O Site AraguaiNews revela que eles acham que têm direito, “porque consideram que o dinheiro público não é de ninguém”. Do ponto de vista moral e ético também não acham errado e ainda comemoram pelas redes sociais. “Divulgam churrascos regados a cerveja ‘do auxílio emergencial’. Em momento algum pensam que tiram de quem precisa. O curioso é que todos eles dizem que são a favor do Estado mínimo e contra a corrupção”, destacou.

O ministro Bruno Dantas, que é o relator da fiscalização no TCU, explicou que a falha foi possível porque, ao cruzar os dados dos brasileiros que pediram o benefício, a Dataprev e o Ministério da Cidadania checaram a renda declarada por esses trabalhadores através do Imposto de Renda, mas esqueceram de avaliar a situação dos seus dependentes junto à Receita Federal.

“As denúncias não param de chegar ao Site AraguaiNews e dão conta de que as 22 pessoas identificadas em Alto Araguaia são pessoas da classe média alta, que são dependentes de pessoas que declararam o Imposto de Renda, estão recebendo o auxílio por falta desse cruzamento elementar”, revelou Site.

Na matéria:

” Paladinos da ética e da moral em Alto Araguaia receberam o auxílio emergencial sem precisar”

Foi identificado mais de mil pessoas na lista fornecida pelo site da CEF que receberam o auxilio emergencial, e por uma questão das dificuldades financeira, 90% dos nomes realmente tiveram necessidades da aprovação do recebimento dos R$ 600,00.

O Site AraguaiaNews não divulgou nomes e nem a lista da transparência da CEF, lista que pode ser obtida por qualquer pessoa que tenha interesse.

Destas 22 pessoas identificadas, a renda familiar de uma supera os 13 mil mensal.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta para Reinaldo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário

  • É não e facil quando tem ainda muitas pessoas que reamente nessecita do auxílio e não foi aprovado acho que tinha que ser mais rigoroso sobre a análise.tem muitos benificiario no auxílios que só pega o benefício pra tomar cachaça e pra fazer uso de drógas.ai é foda sei que o goverbo não tem culpa mas pra muitos estão financiando o trafico por causa dos usuarios que recebe o auxílio.