ENTRETENIMENTO

728X90

Dia dos Avôs: conheça a história de 3 vovós antenadas e empreendedoras

Por araguaianews em julho 26, 2020

Empresárias contam suas experiências sobre empreender mais velhas, inovar nos seus negócios e manter os mimos com os netos na sua rotina

Rosangela Marcondes com os netos Júlia, Lucas e Catarina

Rosangela Marcondes com os netos Júlia, Lucas e Catarina

Arquivo pessoal

A casa da vovó continua sendo um espaço sagrado para as crianças fazerem praticamente tudo o que não é permitido na casa dos pais.

O mimo, os bolos e doces preferidos dos netinhos continuam os mesmos, mas as vovós de hoje estão cada vez mais conectadas com o mundo digital e empreendendoras.

É o caso das empresárias Rosangela Marcondes, 64 anos, Gabriela Brioshi, 58 anos, e Alaide Hernandez Galasso, 64 anos.

Para elas, ser avó é uma delícia, mas isso não as impedem de tocar seu próprio negócio e inovar.

De blog com dicas para vovós a influencer digital

Rosangela  estreou na internet de forma despretensiosa com o blog Domingo Açucarado.

A ideia era dar dicas sobre decoração para a casa, quarto do bebê, móveis e brinquedos. “Tudo o que eu achava bonito, eu fotografava e divulgava para inspirar as pessoas.”

A vovó de Catarina, Lucas e Júlia passou a utilizar cada vez mais a internet para se comunicar com dois de seus três netinhos que moraram um tempo no exterior.

“Sempre faço lives com eles e eles falam que sei muito sobre tecnologia. Quando viramos avós, queremos ocupar o tempo com inteligência e que nossos netos tenham orgulho da gente.”

Rosangela Marcondes

Rosangela hoje é influencer digital e também comanda a página It Avó nas redes sociais Instagram e Facebook com dicas sobre passeios e com foco na integração do “público maduro”, como gosta de falar.

“Promovemos cafés mensais com grupos de até 20 pessoas em diferentes locais da cidade, sempre com acesso ao metrô e com preços acessíveis. Sentamos, trocamos ideias e ficamos juntos durante duas horas para não preocupar as famílias.”

Rosangela também já atuou em campanhas publicitárias, ganha cachê para participar de eventos, é convidada para falar em programas de TV, além de ser consultada para opiniar sobre o público que influencia em debates.

“Eu não me canso de estudar. A USP oferece cursos para maiores de 60 anos e eu participo de todas as oficinas e cursos.”

Livros e atividades didáticas ganham versão digital

A escritoria e ilustradora Gabriela Brioshi, 58 anos, resolveu estrear no mundo digital este ano.

Da esq. p/ dir.: Sophia (filha), Gabriela e Theodoro (neto)

Da esq. p/ dir.: Sophia (filha), Gabriela e Theodoro (neto)

Arquivo pessoal

Especialista em livros didáticos, paradidáticos e infantis, ela lançou a obra “Sustenta Mundo Viagem Amazônica”, no ano passado, com incentivo da Lei Rouanet. Distribuiu três mil unidades gratutitamente e deixou seu acesso livre na internet.

A versão digital está disponível para baixar no site sustentamundo.net.

Avó do Theodoro, de 1,6 ano, Gabriela também tem o projeto Gaby Gaby Imagine que mantém em várias plataformas, entre elas, Youtube, Facebook e Instagram, com conteúdo infantil para crianças, pais e professores.

Gabriela também ministra cursos para otimizar o uso dos livros na sala de aula e cria atividades extras para pais e professores fazerem com as crianças. Também há jogos educativos, danças, desenhos, entre outros.

“Eu acredito no alcance da internet e criei o projeto inspirado em experiências já realizadas com livros didáticos e paradidáticos ao vivo. A ideia é ganhar velocidade na distribuição desse conteúdo como infoproduto.”

A escritora também resolveu desengavetar um projeto antigo em 2020: criar uma série de cursos de meditação criativa que pode ser realizada pela internet.

“Acredito que faço parte de uma geração de avós que ainda vai trabalhar muito, inovar e contribuir para a sociedade e para o mundo.”

Gabriela Brioshi

Para a escritora, hoje as avós curtem os netos, que continuam sendo suas paixões, mas também estão abertas para empreender.

“Vejo várias avós empreendendo e é um mundo novo para nós.”

Negócio era desejo antigo da família

Alaide Hernandez Galasso, 64 anos, decidiu empreender para atender a um desejo antigo do marido e dos filhos de ter um negócio familiar.

Da esq. p/ dir: Renata, Osmar, Alaide, Rafael, Luciane e Joana

Da esq. p/ dir: Renata, Osmar, Alaide, Rafael, Luciane e Joana

Arquivo pessoal

A família, que morava em São Paulo, decidiu mudar-se para uma cidade mais tranquila por conta da depressão do marido. O local escolhido foi Camboriú (SC).

Lá comprou uma unidade da franquia OrthoDontic com suas economias e começou a empreender.

Atualmente, a família, formada por quatro filhos, uma nora e dois netos, mantém duas unidades da rede e cada um tem sua função no negócio. A segunda clínica foi aberta em Balneário Camboriú, cidade vizinha.

Durante a pandemia, Alaide está administrando o negócio de casa e se revezando com os cuidados com os netos Bernardo e Joana.

“Não sou de ficar em casa não. Só estou por causa da pandemia. Gosto de tocar o negócio nas próprias unidades.”

Alaide Hernandez Galasso

Adelaide comanda o negócio junto com o marido Osmar, os filhos Renata e Rafael e a nora Luciane Aparecida Savoldi.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta nossa página

Compartilhe conosco

Envie sua sugestão de notícia, foto ou vídeo!

contato@araguaianews.com.br
(66) 9 9621-1360 (65) 9 99756363

© ARAGUAIA NEWS
PORTAL DE NOTÍCIAS DE ALTO ARAGUAIA - MT