BRASIL

728X90

Bolsonaro confirma prorrogação de auxílio emergencial até dezembro

Por araguaianews em agosto 21, 2020

Mas o presidente não adiantou qual seria o valor das futuras parcelas do benefício pago às pessoas para ajudar no enfrentamento ao  coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro que confirmou prorrogação do auxílio

O presidente Jair Bolsonaro que confirmou prorrogação do auxílio

Adriano Machado/Reuters – 19.08.2020

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta sexta-feira (21) que o auxílio emergencial será prorrogado até dezembro, mas não adiantou qual seria o valor das futuras parcelas do benefício pago às pessoas para ajudar no enfrentamento ao novo coronavírus.

“Infelizmente não pode ser definitivo”, disse Bolsonaro. Ao ser questionado pela plateia, o presidente afirmou que o repasse será mantido até dezembro. “Só não sei o valor”, completou ele, em solenidade da cerimônia de entregas em Ipanguaçu, no interior do Rio Grande do Norte, entre eles um projeto de dessalinização da água.

O presidente disse que o auxílio – atualmente no valor de 600 reais por mês — tem um custo de 50 bilhões de reais mensais. “Enquanto for possível manteremos, mas é preciso ter consciência que não dá para ser eterno”, reforçou.

  1. O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta sexta-feira (21) que o saldo positivo de criação de empregos em julho, com 131 mil novas vagas, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) é “excelente sinal” de que a economia pode fazer uma retomada “V”. É a expressão usada em economia para indicar um índice que cai até um valor mínimo e depois sobe rapidamente, sem se manter baixo. Guedes admite porém, que a volta da economia será mais lenta do que a queda.

    Ele citou a quantidade de empregos gerados para falar sobre a ideia. O Caged mostra que houve 1.043.650 contratações e 912.640 demissões.

    “Estamos bastante animados com isso. É a primeira geração líquida de empregos. O mais importante é que é um patamar acima de 1 milhão de admissões, e é um sinal de que a economia pode efetivamente fazer um retorno em “V”. Os outros padrões, arrecadação, crédito, vendas, energia elétrica, todos estão dando sinal de fortalecimento da economia brasileira”, afirmou.

    Guedes avaliou ainda que o dado corrobora a hipótese do governo de que a crise econômica será menor do que a esperada por muitos agentes. O Ministerio da Economia vem mantendo sua previsão de queda de 4,7% do PIB (Produto Interno Bruno), dado que está em revisão, segundo o ministro.

    “Revisões estão agora confirmando que PIB brasileiro pode cair 4%, pouco acima de 4%, mas praticamente a metade do que havia sido previsto antes”, disse.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta nossa página

Compartilhe conosco

Envie sua sugestão de notícia, foto ou vídeo!

contato@araguaianews.com.br
(66) 9 9621-1360 (65) 9 99756363

© ARAGUAIA NEWS
PORTAL DE NOTÍCIAS DE ALTO ARAGUAIA - MT