728X90

MT registra 593 novos casos e 4 cidades do interior estão com UTIs lotadas 

Por araguaianews em agosto 23, 2020
 

Com 593 novas confirmações de casos de Covid-19, Mato Grosso chega a 81.469 pessoas infectadas. O número de mortes cujos resultado dos exames saíram nas últimas 24 horas foi de 18. O número total de óbitos é de 2.558. As informações foram divulgadas pela secretária de Estado de Saúde neste sábado.

Das mortes, duas foram na capital e o restante no interior do estado. Segundo informações da SES, estão com 100% de lotação de UTIs os municípios de Campo Verde, Juína, Nova Mutum e Primavera do Leste e Cáceres. Em Cuiabá as vagas em UTI estão com 85% de lotação.

Entre as pessoas confirmadas, 18.228 estão em monitoramento e 60.683 estão recuperados. Estão em internações 305 em UTIs públicas e 303 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 76,14% para UTIs adulto e em 34,87% para enfermarias adulto.

Segundo o boletim, os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 são Cuiabá (16.389), Várzea Grande (6.460), Rondonópolis (5.707), Lucas do Rio Verde (4.164), Sorriso (3.974), Tangará da Serra (3.565), Sinop (3.064), Primavera do Leste (2.532), Nova Mutum (1.782) e Campo Novo do Parecis (1.612).

O Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) vai avaliar ainda 460 amostras que estão em análise laboratorial. Desde o início dos casos, o Lacen já verificou 72.713 amostras. Clique aqui e veja os dados da SES sobre Covid-19 em todo o Estado.

Entre os casos confirmados em Mato Grosso, 51,33% eram mulheres e 48,67 homens. 

Comparando a proporção da evolução dos casos entre a região metropolitana e o interior do Estado de Mato Grosso, os dados revelam que desde a semana 11 da pandemia, o número de casos nas cidades do interior tem sido maior do que os registros confirmados na Baixada Cuiabana. Segundo boletim epidemiológico, apenas 14,77% dos casos estão concentrados na região metropolitana da Capital mato-grossense e 85,23% são dos municípios do interior. (Com Assessoria)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *