728X90

Jogando fora, contra o Guarani-SP, Cuiabá perde a invencibilidade de oito jogos, mas segue isolado na liderança

Por araguaianews em outubro 14, 2020

O técnico Felipe Conceição estreou com o pé direito no Guarani com a vitória sobre o líder Cuiabá na noite desta terça-feira, por 1 a 0, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Essa foi a segunda vitória seguida do Guarani desde a saída de Ricardo Catalá – Sérgio Baresi comandou interinamente contra o CRB. Com 17 pontos, o time chegou aos 17 pontos e deixou a zona de rebaixamento. Já o Cuiabá perdeu uma invencibilidade de oito jogos, mas segue isolado na liderança, com 32.

BUGRE DOMINA
Atuando em casa, o Guarani começou melhor a partida, mas tinha dificuldades em escapar da forte marcação do Cuiabá. O jeito foi arriscar de fora da área. Eduardo Person e Lucas Crispim mandaram por cima suas tentativas.

A primeira chegada do Cuiabá foi apenas aos 22 minutos, com Everton Sena cabeceando fraco nas mãos de Gabriel Mesquita. Na sequência, o Guarani chegou a abrir o placar com Júnior Todinho, mas o gol foi anulado porque o atacante estava adiantado.

Aos 30 minutos, porém, o gol bugrino valeu. Bidu recebeu de Júnior Todinho e arriscou. A bola tocou na trave antes de entrar. A resposta do Cuiabá veio aos 38. Elvis lançou Hayner, que cruzou rasteiro. Bidu evitou que Yago marcasse o gol de empate.

A situação do Cuiabá ficou ainda mais complicada no final do primeiro tempo. Luiz Gustavo, que defendeu o Guarani no ano passado, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

NO SUFOCO
O Guarani quase ampliou no primeiro minuto do segundo tempo. Após falta cobrada para dentro da área, Didi cabeceou rente a trave. Na sequência, os bugrinos reclamaram de um pênalti não marcado de Romário em cima de Waguininho.

A resposta do Cuiabá veio logo aos três minutos. Felipe Marques ajeitou e Elton soltou a bomba por cima do travessão, perdendo boa oportunidade. Aos seis, Lucas Crispim chutou rasteiro e João Carlos espalmou. A etapa final começou muito movimentada.

Aos 20, Waguininho viu o goleiro adiantado e bateu por cobertura, assustando João Carlos. O Guarani viu Bruno Sávio ser expulso aos 33 minutos após receber o segundo amarelo por cera. Com isso, o Cuiabá partiu com tudo em busca do empate.

E ele quase veio aos 40 em chute de Jenison. Gabriel Mesquita mandou para escanteio. Já nos acréscimos, Jean Patrick arriscou da entrada da área e mandou por cima do travessão bugrino.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, às 19 horas, pela 17ª rodada. O Guarani enfrenta o Vitória, no Barradão, em Salvador, e o Cuiabá recebe o Paraná, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *