728X90

Recursos do Mais MT viabilizam a construção de 35 escolas e reforma de 40 unidades

Por araguaianews em novembro 18, 2020

O investimento tem foco em alcançar a melhoria da aprendizagem dos alunos da rede estadual de ensino de todas as regiões de Mato Grosso
Escola Estadual Vereador Bento Muniz, localizada no bairro Altos do Tarumã em Tangará da Serra – Foto por: Secom

Escola Estadual Vereador Bento Muniz, localizada no bairro Altos do Tarumã em Tangará da Serra

A modernização da infraestrutura escolar receberá R$ 442 milhões, que serão aplicados para a construção de novas escolas, quadras esportivas, reforma, ampliação, climatização, manutenção, aquisição de mobiliários e atualização tecnológica da rede física das unidades. Os recursos são do Mais MT, o maior programa de investimentos do Governo de Mato Grosso, cujos recursos totalizam R$ 9,5 bilhões em quatro anos (2019/2022).

“Neste período de pandemia, em que não há aula presencial, fizemos a manutenção preventiva, corretiva, e melhoramos a infraestrutura física das nossas escolas. A equipe da Seduc está atuando em 115 escolas para prepará-las para o retorno das aulas”, explica o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, sobre as obras que começaram em todo o estado.

O programa destina recursos para a manutenção de 383 escolas, mais da metade das 758 unidades estaduais de Mato Grosso. A gestão também investirá na climatização das salas de aula – fator importante para o aprendizado que receberá atenção na destinação de recursos, afirma o gestor. A Seduc irá equipar 300 escolas com 4 mil aparelhos de ar condicionado. Até o final da gestão todas as escolas estaduais de Mato Grosso oferecerão climatização aos alunos.

O Mais MT possibilitará ainda a construção de 35 escolas, que substituirão prédios em más condições, ou sedes alugadas, e a reforma de 40 unidades de ensino. Serão construídas ainda 21 novas quadras esportivas.

Reforma e ampliação

A E.E. Mário de Castro, localizada no bairro Pedra 90, é uma das 12 escolas do Estado que têm a previsão de entrega no início de 2021. A obra amplia a unidade escolar com a construção de 16 salas de aula, e de uma quadra de esportes. A escola recebeu o investimento de pouco mais de R$ 8 milhões.

Reforma na Escola Estadual Cleinia Rosalina Souza em fase final. Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

No bairro Coophema, a E.E. Hermelinda de Figueiredo recebeu pouco mais de R$ 2 milhões para reforma e ampliação, e a E.E. Cleinia Rosalina, localizada no Residencial Itamarati, recebeu R$ 2,3 milhões para ampliação e reforma.

A Seduc entregará as escolas completas, já com mobiliário, linha branca, e tudo o que for necessário para as atividades escolares. A Secretaria Adjunta de Infraestrutura centraliza todas as etapas das obras, até a entrega das escolas prontas para uso pela comunidade escolar.


Finalização da obra da Escola Estadual Mário de Castro, no Bairro Pedra 90.  Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Em 2020, o Estado entregou o novo prédio da Escola Estadual Coronel Antônio Paes de Barros, no município de Barão de Melgaço (a 113 quilômetros de Cuiabá), construída com recursos públicos recuperados da corrupção.

O Sistema Pedagógico da Seduc também receberá investimentos do Mais MT na ordem de R$ 449,4 milhões. O recurso aplicado vai permitir a implantação do sistema estruturado de ensino da educação 4.0, material de ensino apostilado para todos os estudantes, e demais tecnologias para melhoria na qualidade do ensino.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *