728X90

ONG transforma bazar de fim de ano em evento online na pandemia

Por araguaianews em novembro 21, 2020

A ASA atende mais de 1,3 mil crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social e irá fazer o bazar entre 24 e 29 de novembro

Bazar de Natal oferece artigos de decoração, cozinha, roupas e acessórios

Bazar de Natal oferece artigos de decoração, cozinha, roupas e acessórios

Reprodução/Pixabay

O fim do ano é sempre uma oportunidade para contribuir com ações e bazares que auxiliam os mais vulneráveis socialmente. Mas, em tempos de pandemia de covid-19, as instituições tiveram de se adaptar ao ambiente online, por conta do isolamento social.

A ASA (Associação Santo Agostinho) atende mais de 1,3 mil crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social e decidiu realizar seu tradicional bazar de Natal no formato online. A ação ocorrerá entre 24 e 29 de novembro.

O bazar, mesmo que em formato alternativo, oferecerá produtos de 26 empreendedores e pequenos negócios, com artigos de decoração, cama, mesa e banho, roupas, acessórios e alimentos. Haverá também artigos feitos pelas voluntárias da ASA.

As compras poderão ser realizadas direto no site da ONG, com retirada no ASA Brechó, em Pinheiros, na capital paulista.

“Eventos como o bazar de Natal são uma das nossas principais fontes de arrecadação. Neste ano, com a pandemia, queremos transformar o desafio de fazer esse evento online em uma oportunidade para atingirmos novos públicos que já estão acostumados ao comércio eletrônico e que ainda não participaram de ações da ASA”, diz Melissa Pimentel, superintendente-executivo da ONG.

De toda a renda arrecadada com as vendas do bazar online, 20% será revertido para a ONG.

A ASA tem 78 anos de operação e não foi só o bazar que se tornou online: a ONG adaptou o atendimento para continuar as ações com crianças, adolescentes e idosos que frequentavam as 11 unidades da ONG na cidade de São Paulo.

“Estamos aprendendo e nos adaptando aos novos tempos e ao mundo online e apesar dos desafios, isso também tem nos dado novas ideias e possibilidades que deveremos desenvolver em 2021”, afirma Melissa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *