728X90

São Paulo tem apenas 40% de aproveitamento sem Luciano

Por araguaianews em janeiro 26, 2021

Tricolor perdeu quatro dos 10 jogos em que entrou em campo sem artilheiro do time no Brasileirão, com 14 gols feitos

Luciano chegou nesta temporada no Tricolor, após passagem pelo Grêmio

Luciano chegou nesta temporada no Tricolor, após passagem pelo Grêmio

RENATO GIZZI/PHOTO PREMIUM

O São Paulo se mostra cada vez mais dependente do atacante Luciano. Autor do único gol tricolor no empate em 1 a 1 contra o Coritiba, no Morumbi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no último sábado (23), o jogador é um dos únicos poupados pela torcida atualmente – inclusive, o ônibus do Soberano foi alvo de uma emboscada a caminho do estádio nesta partida, o veículo foi atingido por 14 pedradas.

Desde a estreia do camisa 11, no dia 20 de agosto, quando o Tricolor empatou em 1 a 1, no Morumbi, com o Bahia, pela quarta rodada do Brasileirão, com gol de Luciano, o time fez 42 jogos, sendo que 10 deles o goleador não esteve em campo. Quando o artilheiro fora, o São Paulo venceu em apenas oportunidades, empatou três e perdeu outras quatro, configurando um aproveitamento de apenas 40%.

Já com Luciano em campo, são 32 partidas, com 16 vitórias, 11 empates e apenas cinco derrotas, com o índice de triunfos subindo para 61%.

O Tricolor ainda não venceu em 2021, até aqui foram cinco jogos, com o atacante em campo apenas nos dois últimos, diante do Internacional e Coritiba. Enquanto Luciano esteve fora, o time do Morumbi perdeu para Red Bull Bragantino e Santos e empatou do Athletico-PR. Na ocasião recente, o jogador ficou fora por conta de uma inflamação na perna, por conta de um cisto. Contudo, o atleta retornou há dois jogos, a derrota por 5 a 1 para o Colorado e o empate em 1 a 1 diante do Coxa, em ambas ocasiões foi dele o único tento são paulino.

Luciano pelo Tricolor

Luciano já caiu nas graças do torcedor do São Paulo. Sâo 17 gols marcados com a camisa tricolor, uma média de 0,53, o que significa que a cada dois jogos em um o atacante balança as redes.

O camisa 11 é o artilheiro do Soberano no Brasileirão, com 14 tentos anotados, e segundo do elenco, apenas atrás de Brenner, que tem 22 gols na temporada, mas não marca há seis partidas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *