728X90

Vinícola nos EUA quer contratar amante de vinho por R$ 55 mil e aluguel na faixa

Por araguaianews em março 26, 2021
Vaga classificada como “realmente muito boa” é na Califórnia, oeste americano, com contrato de um ano de trabalho
Murphy-Goode Winery
Foto: Reprodução/Instagram

Se você é daqueles que não dispensam uma taça de vinho por nada, esta pode ser a chance da sua vida. Uma vinícola do condado de Sonoma, na Califórnia, local muito famoso pela produção de vinhos, abriu inscrições para uma vaga de emprego que tem salário de R$ 55 mil por mês. A oportunidade ainda conta com um plus: o contratado terá aluguel gratuito por um ano.

Quem oferece a vaga é a Murphy-Goode Winery, fundada por três amigos, em 1985, e que carrega o lema da amizade. Em publicação no seu site, a empresa garante que este é “um trabalho realmente bom” e se destina a quem sabe pronunciar a palavra “Cabernet”, em referência à uva muito usada por produtores de vinho no mundo.

“Este é o emprego dos sonhos para você. Temos um trabalho que vai catapultá-lo instantaneamente para a estratosfera do vinho. Você sempre quis viver na deslumbrante região vinícola de Sonoma… com um salário de US$ 10 mil por mês e aluguel grátis por um ano?”, indaga a empresa.

Durante os três primeiros meses de trabalho, o felizardo vai explorar todos os aspectos da colheita e fazer tarefas “intencionalmente vastas”. Depois disso, sabendo as áreas que mais lhe interessam, vai poder decidir em qual seguir nos 9 meses de contrato restantes. Ainda há possibilidade de continuação.

Para concorrer ao cargo, os interessados devem enviar um vídeo dizendo por que são os melhores candidatos. De antemão, a vinícola já ressalta que a criatividade e o bom humor são pontos positivos para a vaga.

Mas, calma, tem alguns critérios:

Para a empresa, a qualificação mais importante para o que chama de “um trabalho realmente bom” é amar vinho. Além disso, segundo o regulamento da vaga, são aceitos candidatos que tenham mais de 21 anos. O futuro empregado também precisa ser residente legal ou estar apto a trabalhar nos Estados Unidos.

Se você não se encaixa em algum desses pré-requisitos, ainda tem um tempo para correr atrás. As inscrições vão até 30 de junho e a previsão é que o resultado oficial seja divulgado em julho. Os candidatos serão avaliados com base no “valor da função, criatividade e design, experiência aplicável e conjunto de habilidades”.

“Viver e trabalhar nesta bela parte do mundo é um verdadeiro presente, e aproveitamos a oportunidade de compartilhar isso com alguém que é apaixonado por vinhos. Esperamos ter uma variedade de candidatos, de dentro e fora da indústria”, afirma Rick Tigner, CEO da Jackson Family Wines, que controla a Murphy-Goode.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *