728X90

Covid-19: saiba higienizar o interior do carro para evitar o coronavírus

Cuidados quanto à higienização e desinfecção frequente dos carros por conta da alta rotatividade de passageiros

Por araguaianews em setembro 7, 2021

Dicas importantes podem ajudar na manutenção da limpeza do seu automóvel e deixá-lo menos propenso ao vírus

De acordo com estudo norte-americano, vírus pode sobreviver em aço inoxidável e em plástico por até 72 horas

De acordo com estudo norte-americano, vírus pode sobreviver em aço inoxidável e em plástico por até 72 horas

JACKSON DAVID/UNSPLASH

Com o avanço da vacina contra a Covid-19 em todo o Brasil, parte da população tem se descuidado de algumas atitudes básicas para evitar o contágio e transmissão pelo coronavírus e suas variantes. Uma delas é a higienização automotiva. Você sabe limpar o seu carro da forma correta? A gente te orienta!

De acordo com especialistas, uma das melhores maneiras de prevenir o contágio da doença é fazer uso do álcool 70%. Mas, o produto não deve ser aplicado em componentes plásticos, como: painel, volante, câmbio, console ou maçanetas internas, por exemplo.

Por ser inflamável, o álcool deixa o material ressecado. Além disso, a superfície começará a ficar manchada e poderá até rachar ou quebrar com o tempo. Para higienizar essas partes, opte por água e sabão neutro e, em seguida, use pano úmido.

Outra dica é utilizar produtos específicos para limpeza interna automotiva, como os multilimpadores ou “APC” (limpadores de uso geral), vendidos em casas de autopeças e acessórios.

De acordo com um estudo realizado pelos CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças), das Universidades da Califórnia, de Princeton e de Los Angeles, nos Estados Unidos, e publicado na revista científica New England Journal Of Medicine, o vírus pode sobreviver em aço inoxidável e em plástico por até 72 horas (três dias).

Atenção motoristas de aplicativo!

Os motoristas de aplicativos precisam redobrar os cuidados quanto à higienização e desinfecção frequente dos carros por conta da alta rotatividade de passageiros.

Se não for possível lavar o assento do passageiro com água e sabão, o recomendado é utilizar sprays antibacterianos. É importante, também, limpar sempre as mãos após o encerramento de cada corrida, orienta a 99, empresa de tecnologia voltada à mobilidade urbana. Além disso, deve disponibilizar álcool em gel para os passageiros e exigir o uso de máscara.

Outra orientação dos especialistas é evitar o ar condicionado. Caso não seja possível, deve deixar os vidros alguns centímetros abertos. Isso ajuda a renovar o ar e minimiza a possível circulação do novo coronavírus dentro do carro. De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), a chance de contrair Covid-19 é maior em ambientes cheios de pessoas e espaços sem ventilação adequada.

7 dicas de como higienizar o interior do carro

1 – Higienize maçanetas, volante, câmbio, freio de mão, botões ou manivelas do vidro, painel, chaves de seta e de para-brisa e até o rádio com pano úmido com sabão neutro.
2 – Não acumule lixo naquela sacolinha que fica no câmbio.
3 – Opte por dirigir com os vidros abertos, principalmente se você estiver com passageiro. Vidro fechado e ar-condicionado ligado retêm o ar interno, o que pode aumentar o risco de contágio se alguém estiver contaminado.
4 – Remova a sujeira dos bancos, tapetes e carpetes. Se possível, aspire o automóvel todos os dias.
5 – Após a higienização, deixe as portas e os vidros abertos por um tempo para que todos os compartimentos do carro possam secar o mais rápido possível.
6 – Limpe as saídas de ar do painel frequentemente com um pincel macio
7 – Higienize o ar-condicionado a cada seis meses ou pelo menos uma vez por ano, pois a disseminação de vírus, bactérias e ácaros ocorre no filtro de ar sujo. Vale também a desinfecção por oxi-sanitização feita por empresas especializadas.

São detalhes que parecem pequenos, mas que podem salvar vidas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *