728X90

Jovem faz história como 1º apresentador de programa infantil com síndrome de Down

Por araguaianews em setembro 29, 2021

Nós precisamos de mais representatividade na televisão“. Assim resume o jovem George Webster, que fez história na mídia britânica ao se tornar a primeira pessoa com síndrome de Down a apresentar um programa infantil na BBC.

O jovem de Leeds, na Inglaterra, foi o showman do programa ‘CBeebies’, que foi ao ar na semana passada.

Ao lado do cãozinho Dodge, George mostrou às crianças seus passatempos preferidos: dançar, cozinhar e cantar. O programa não fez qualquer comentário sobre a síndrome – o que valeu mesmo foi a presença do rapaz em cadeia nacional.

“Meu filho tem autismo e se virou para mim e disse: ‘Gosto de George, papai’. Isso é tudo que você precisa saber. Obrigado CBeebies. Você fez uma coisa maravilhosa hoje”, afirmou outro papai.

Repercussão do programa

A recepção ao episódio com George não poderia ter sido melhor e surpreendeu o próprio rapaz. Agora, ele se sente confiante para inspirar outras crianças que o estão assistindo em casa.

Para Jane Webster, mãe do apresentador, o protagonismo dele foi muito importante e a deixou sem palavras. “Eu estava chorando em um minuto e sorrindo no seguinte. Eu simplesmente amo sua ética de trabalho e sua positividade”, afirmou.

Um dos vídeos que mostram George dançando e recitando um poema no CBeebies já conta com mais de 1,2 milhão de visualizações no Twitter.

A ideia da BBC era contratá-lo como apresentador convidado – no entanto, o público gostou tanto dele que a emissora tem considerado recrutá-lo em tempo integral.

“Originalmente, concordamos em que George fosse um apresentador convidado apenas para apresentá-lo à família CBeebies”, disse a produtora do programa, Claire Taylor. Agora, a presença do jovem se tornou essencial.

Rotina pós-fama

George resolveu gastar seu primeiro pagamento levando os pais pra jantar.

Em entrevista à BBC, ele disse que pretende conciliar a gravação do programa com suas aulas de artes cênicas.

Há mais de dez anos o CBeebies é pioneiro em diversidade e representatividade de pessoas com deficiência.

Em 2009, por exemplo, Cerrie Burnell, que nasceu com apenas uma mão, fez sua estreia como apresentadora. De toda forma, George aponta que é necessário mais pessoas com deficiência na TV (e está certinho!).

Acho que precisa haver muito mais representatividade porque somos pessoas também“, resumiu.

A BBC encontrou seu apresentador a partir de um trabalho que ele desenvolve para uma instituição de caridade dedicada à pessoas com deficiência mental.

Alguns meses atrás, ele foi convidado para gravar um vídeo com o intuito de desmitificar algumas informações sobre pessoas com síndrome de Down. “Pessoas com Down nem sempre são felizes. Pessoas com síndrome de Down têm emoções e sentimentos como qualquer outra pessoa. Elas não sofrem com essa condição. Eu tenho uma vida incrível. Tem sido muito positivo. Adorei ir à escola. Eu fui para duas escolas locais incríveis. Tive apoio nas duas escolas, o que me ajudou na minha formação”, disse.

Para o futuro, George deseja dar prosseguimento à carreira de ator e tem como sonho aparecer em uma série ou um filme de James Bond.

No momento, se diz “ansioso” para continuar no programa e ser abordado por jovens fãs quando estiver em sua cidade. “Eu vou adorar isso. Eu sou sempre super positivo e sempre sorridente e alegre. Estou amando a vida, nada me impede”, completou.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *