728X90

Júlio Campos cita “central de fofocas” e vê dificuldade para Mauro ter apoio de Bolsonaro na disputa pela reeleição

Sobre a reeleição, o democrata afirma que o trabalho de Mendes no conserto do Estado, o credencia para buscar um novo mandato

Por araguaianews em setembro 14, 2021

Líder democrata afirma que fofoqueiros prejudicaram relacionamento entre o presidente e o governador

O ex-governador Júlio Campos (DEM) afirmou na manhã desta terça-feira (14) à rádio CBN Cuiabá, que caso o governador Mauro Mendes dispute a reeleição, terá dificuldades em ter apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Pará Júlio, ‘fofoqueiros’ acabaram minando a relação entre os dois.

“Ele deve buscar, mas não será fácil. A gente sente que existe uma dificuldade de relacionamento entre os dois devido a uma central de ‘fofoca’ que tenta plantar que o nosso governador não gosta do presidente”, pontuou Júlio. “O presidente parece que tem uma central de fofocas aqui em Cuiabá, em Mato Grosso transmitindo uma imagem, que não é verdadeira, de que o Mauro Mendes é contra o presidente ou que não gosta dele, o que não é verdade. Então, fizeram muita fofoca e a gente sente que isso ainda pesa”.

Júlio não citou nomes, mas ponderou que a bancada mato-grossense no Senado poderá reverter essa situação. “Tem muita gente que cria boatos, fake news e isso dificulta. Mas tudo é possível na política. Os senadores Jaime [Campos], Wellington [Fagundes] e [Carlos] Fávaro, que são nossos representantes em Brasília transitam muito bem no Palácio do Planalto e podem buscar esse entendimento para que o presidente venha para o nosso lado”.

Sobre a reeleição, o democrata afirma que o trabalho de Mendes no conserto do Estado, o credencia para buscar um novo mandato. “O governo Mauro Mendes em seus dois primeiros dois anos tratou de consertar a balbúrdia que estava Mato Grosso no dia da sua posse. Salários e repasses para saúde dos municípios atrasados, fornecedores e empreiteiros sem receber, centenas de obras paralisadas e um final triste e dolorosos da gestão anterior”, destacou.

“Passado esse tempo, ele conseguiu colocar Mato Grosso em ordem e tem plena condição e viabilidade de pleitear sua reeleição. Ele vai ser candidato? Não sei, porque ele disse já disse pra nos do partido que só vai dar uma definição em março. Mas, nós estamos muito fortes e vamos aguardar”, disse.

Fonte: www.odocumento.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *