25.7 C
Alto Araguaia
segunda-feira - 22 abril - 2024
HomeMato GrossoChineses buscam parcerias em MT e avaliam implantar unidades na ZPE

Chineses buscam parcerias em MT e avaliam implantar unidades na ZPE

Além de Cáceres, o grupo visita frigoríficos de suínos e bovinos e cumpre agenda no Palácio Paiaguás

Uma comitiva de 12 empresários chineses está em Mato Grosso avaliando oportunidades de comércio e investimentos. O grupo, que chegou ao Estado na segunda-feira (18) e permanece até esta sexta-feira (22), conheceu a Zona de Processamento de Exportação (ZPE), em Cáceres (a 220 km de Cuiabá) e se reuniu com produtores e empresas locais.

“O principal objetivo desses empresários é implantar unidades de processamento na ZPE de Cáceres, com foco nas áreas de soja, milho e carnes bovina, suína e de frango. Eles estão determinados a conhecer as oportunidades de investimento na região e estabelecer vínculos estratégicos com os empresários mato-grossenses”, explicou a coordenadora da Comércio Exterior da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedec), Júlia Assis.

A servidora acompanha a comitiva juntamente com o secretário adjunto de Agronegócios e Investimentos da Sedec, Anderson Lombardi, e o presidente da Associação Brasileira de Zonas de Processamento de Exportação (Abrazpe), Helson Braga.

O grupo de chineses é composto por CEO, presidentes e diretores da ES Consultor, Zhuhai Sino-Lac Supply Chain C.o Ltd., Doce Infância Franquia Ltda, Hugo Cargo Ltda, Stonda International Logistics Group Ltd., Meiting Internacional Trade, Chengyi Escritório de Advocacia Contábil e Zhongtuo Xinhao Supply Chain Management C.o Ltd.

A comitiva deve participar da cerimônia de alfandegamento da ZPE nesta quinta-feira (21), às 10 horas, no Palácio Paiaguás. A agenda do grupo ainda prevê visita a um frigorífico de suínos em Nova Mutum, um frigorífico de bovinos e reunião com a Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt).

Fortalecimento de parcerias

Uma das empresas integrantes da delegação chinesa, a Zhongtuo, já estava em contato com a Sedec desde 2023, por intermédio do Instituto de Promoção do Comercio e do Investimento de Macau (IPIM), interessada em expandir parcerias especialmente no setor de carne.

Esta é a segunda comitiva chinesa que veio a Mato Grosso no mês de março com interesse em investir no Estado. No dia 4 de março, a Sedec apresentou as potencialidades de Mato Grosso a dois executivos da chinesa Anhui Guangxin Agrochemical CO. Na ocasião, eles visitaram três municípios onde prospectam a construção de uma indústria química, em um investimento de 100 milhões de dólares para a implantação da unidade.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, embarca para China nesta sexta-feira (22), com o vice-governador Otaviano Pivetta, o presidente da Fiemt, Sílvio Rangel; presidente do Instituto Mato-grossense da Carne (IMAC), Caio Penido, um representante da Aprosoja e a deputada estadual Janaína Riva.

O grupo vai cumprir agendas oficiais e de negócios em Beijing e Hainan visando a promoção do Estado de Mato Grosso e a consolidação do relacionamento com a China por meio de parcerias de longo prazo.

Na agenda, estão reuniões com o embaixador do Brasil na China e com a CFNA, uma similar da Confederação Nacional da Agricultura, para organização de uma agenda positiva em Mato Grosso durante as reuniões do G20 (agricultura) que acontecerão em Cuiabá. Ainda, reunião com grupos empresariais chineses que operam no Estado e potenciais investidores, seguido de jantar oferecido pelo Imac para promoção do MT Steak.

OUTRAS NOTÍCIAS