728X90

‘Cabeça de Urso’ de da Vinci pode bater recorde de desenho mais caro do artista

Por araguaianews em maio 8, 2021

A estimativa é que o desenho “Head of a Bear” seja vendido por US$ 16,7 milhões

Head of a Bear
‘Head of a Bear’, um dos últimos desenhos de Leonardo da Vinci
Foto: Christies / Reprodução

A venda de “Head of a Bear” [Cabeça de Urso, em tradução livre] de Leonardo da Vinci pode estabelecer novo recorde de desenho mais caro do artista, disse a casa de leilões Christie’s no sábado (8). A estimativa é que a obra seja vendida em julho por US$ 16,7 milhões.

Medindo 7 centímetros quadrados, “Head of a Bear” é um desenho feito a caneta com ponta de prata em um papel bege-rosa. A casa de leilões diz que é “um dos menos de oito desenhos sobreviventes de da Vinci que ainda estão em mãos [de instituições ou colecionadores] privadas fora da British Royal Collection e da Devonshire Collections em Chatsworth”.

A venda “excepcional” da Christie’s vai acontecer em 8 de julho em Londres. A casa estima que o valor fique entre 8 milhões e 12 milhões de libras (cerca de US$ 11,14 milhões a US$ 16,71 milhões).

Isso poderia bater a venda de 2001 de “Horse and Rider” de Da Vinci, que foi vendido por mais de 8 milhões de libras, um recorde para um desenho do mestre renascentista italiano, de acordo com a Christie’s.

“Tenho todos os motivos para acreditar que vamos bater um novo recorde em julho para ‘Head of a Bear’, um dos últimos desenhos de Leonardo que se espera chegar ao mercado”, disse Stijn Alsteens, chefe de departamento internacional da Old Masters Group, Christie’s Paris, em um comunicado.

A propriedade do desenho pode ser rastreada ao pintor britânico Thomas Lawrence e, após sua morte, em 1830, passou ao seu negociador, Samuel Woodburn. Ele o vendeu à Christie’s em 1860 por 2,5 libras (aproximadamente R$ 18), segundo a casa de leilões.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *