728X90

Dupla de chihuahuas aterroriza cidade e amedronta até pastor alemão da polícia

Recebi uma ligação de um morador que teve um encontro muito desagradável com dois cachorros

Por araguaianews em abril 7, 2022

Moradores de Corsham, no sul do Reino Unido, disseram que os animais são ‘desagradáveis’ e ‘terríveis’ e denunciaram a situação às autoridades locais

Foto meramente ilustrativa de um dos chihuahuas planejando o próximo ataque

Foto meramente ilustrativa de um dos chihuahuas planejando o próximo ataque

PIXABAY

Uma dupla de pequenos cães chihuahua foi acusada de aterrorizar uma pequena cidade britânica, ao atacar animais de estimação, moradores e amedrontar até um pastor alemão da polícia.

Os animais agressivos agem em Corsham, uma pequena cidade com cerca de 13.000 habitantes no sul do Reino Unido. A ficha corrida dos cachorros só cresce: já foram chamados de “hooligans” (referência aos torcedores violentos ingleses), “terroristas” e até acusados de atacar um pastor alemão grande que serviu à polícia por muitos anos.

Os constantes ataques da dupla de cães nervosinhos e “desagradáveis” já foram tema de várias denúncias enviadas à câmara municipal da cidade. A presidente da câmera declarou ter recebido algumas dessas acusações.

Recebi uma ligação de um morador que teve um encontro muito desagradável com dois cachorros na rua principal. (…) Os dois chihuahuas agressivos​​atacaram o pastor alemão do morador, o que mostra que o tamanho de um cachorro não reflete sua agressividade

RUTH HOPKINSON, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL

Segundo a polícia, há riscos até para rebanhos locais, principalmente grupos de ovelhas e cordeiros. O risco maior é que os animais se assustem com a agressividade dos cachorrinhos e se separem do grupo, nunca mais o encontrando.

Na mensagem publicada no Facebook, a vereadora Ruth Hopkinson ainda aproveitou para relembrar que ovelhas não são os bichos mais espertos do mundo.

“Quando estão assustados, as ovelhas e cordeiros podem se separar e (porque não são criaturas muito brilhantes) não conseguem encontrar o grupo, e isso está levando à morte de alguns deles”, comentou a presidente da câmara.

Por enquanto, nenhuma medida concreta contra os cachorros foi anunciada.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *