728X90

Emanuel quer força-tarefa para aplicar vacinas extras e imunizar 100% da população em até quatro semanas

Por araguaianews em junho 11, 2021

O prefeito Emanuel Pinheiro afirmou que irá fazer uma “força-tarefa” para aplicar as vacinas extras contra a covid-19, que ele solicitou e que o Ministério da Saúde confirmou que vai destinar à Prefeitura de Cuiabá, como contrapartida pela capital ser uma das sedes da Copa América. A quantidade de doses que serão remetidas ainda será confirmado pelo ministro Marcelo Queiroga. “Recebendo todas as vacinas, a gente prepara uma operação de guerra, uma força-tarefa e até eu mesmo vou pro campo com essa equipe extraordinária, animada e comprometida que nós temos na Saúde. Nós conseguimos, em torno de 3 a 4 semanas, imunizar toda a população cuiabana”, afirmou o gestor na manhã de quinta-feira (10), durante entrevista à rádio Jovem Pan.

Na terça-feira (8), o prefeito e o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, Emanuelzinho, tiveram uma audiência com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para pleitear vacinas suficientes para imunizar toda a população cuiabana acima de 18 anos de idade. “Para atender toda a população cuiabana, para compensar Cuiabá por ser sede da Copa América sem ter o direito de ser ouvida, eu propus que dessem vacinas extras para imunizar a toda a população. Seria, entre primeira e segunda doses, 647 mil doses. E se for a vacina Jansen que está chegando hoje, parece que 3 ou 4 milhões de doses para o Brasil, com vencimento rápido, eu mostrei isso a ele [ao presidente], que com apenas 290 mil doses, eu imunizo toda a população cuiabana, ou seja, como a Jansen é dose única, com 290 mil doses da vacina Jansen, eu imunizo toda a população e eu coloquei isso no ofício”, explicou o prefeito, a respeito de sua conversa com Bolsonaro.

Na quarta-feira (9), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga gravou um vídeo ao lado do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto confirmando que vai destinar doses extras para Cuiabá e que a quantidade deve ser anunciada até esta sexta-feira (11). O parlamentar segue em Brasília, acompanhando todo o trâmite. De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, a Presidência da República é a responsável por organizar a agenda relativa a esse anúncio. “Ficou de combinar com o Emanuelzinho, não sei se uma vacinação simbólica e o anúncio da quantidade ou uma visita do ministro a Cuiabá e o anúncio. A pauta é deles, da Presidência da República. O Emanuelzinho ficou em Brasília para aguardar, teve a receptividade calorosa do ministro e até a amanhã virá a resposta já com toda a agenda de como será feito”, informa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *