728X90

Flu perde para Botafogo mas se classifica para final do Cariocão

Com a classificação, o Fluminense avança para a final do Cariocão e a primeira partida da decisão já está próxima

Por araguaianews em março 28, 2022

Tricolor tinha vantagem do empate no agregado pela melhor campanha; primeira partida da decisão será nesta quarta-feira (30)

Willian Bigode, do Flu, disputa bola no duelo contra o Botafogo

Willian Bigode, do Flu, disputa bola no duelo contra o Botafogo

MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC (27.03.2022)

Fluminense e Botafogo disputaram na tarde deste domingo (27), no Maracanã, os 90 minutos finais da semifinal do Campeonato Carioca, e deu Tricolor.

Pela segunda partida, o time da estrela solitária venceu por 2 a 1, mas a equipe comandada por Abel Braga jogou com a vantagem do empate e se classificou para a final do Estadual do Rio com o placar agregado (2 a 2). Os gols da partida foram marcados por Erison (2), do Botafogo, e Germán Cano, para o Flu.

Com o resultado no Clássico Vovô, o Flu chega à terceira final consecutiva contra o rival Flamengo. É a chance do Fluzão alcançar o 32º título do Carioca.

O jogo
Início de jogo das duas equipes indo para cima. O Botafogo, que começou em desvantagem, teve uma postura forte, marcando muitas faltas, enquanto o Fluminense não jogou recuado e tentou criar jogadas de ataque.

A primeira chance da partida veio com Luccas Claro, para o Fluminense. Em cruzamento de escanteio cobrado por Jhon Arias, o zagueiro subiu sozinho e cabeceou no canto esquerdo do goleiro, mas a bola foi para fora.

Aos 16’, Martinelli perdeu a bola no meio e deixou Erison cara a cara com Marcos Felipe. Mas o jogador chutou para fora, desperdiçando uma clara chance de gol. Porém, o atacante estava à frente da marcação e foi assinalado impedimento.

Aos 41’, Jhon Arias teve a chance de abrir o placar no Maracanã. Após cruzamento de Calegari, a bola sobrou no outro lado da área e, sozinho, o jogador finalizou, mas a bola saiu forte e por cima do gol.

Tudo mudou nos acréscimos. Aos 47’, Erison recebeu na entrada da área, passou por David Braz, driblou Luccas Claro e chutou forte para o gol, sem chances para Marcos Felipe.

O Botafogo iniciou o segundo tempo jogando melhor e pressionando mais. Chay teve oportunidade de fazer o 2 a 0, mas foi travado na hora da finalização.

Erison, recém-chegado ao Botafogo, foi o nome da partida. O jogador fez mais um gol ao driblar o goleiro Marcos Felipe, mas o lance estava irregular e foi marcado impedimento.

Aos 39’, Erison teve mais uma oportunidade e quase fez a rede do gol do Maracanã explodir. Em cruzamento, o atacante cabeceou para baixo, a bola subiu e passou por cima da trave.

O melhor jogador da partida mostrou que queria levar a classificação para o Alvinegro. Aos 45’, novamente ele, Erison, recebeu cruzamento na área, mas dessa vez não desperdiçou, e marcou o segundo do Botafogo.

A partir disso, o Fluminense sentiu a pressão, mas não aceitou a eliminação. O time foi ao ataque, pressionou, perdeu boas chances de ataque, mas encontrou o gol aos 52 minutos. O argentino Germán Cano marcou o tento da classificação após Ganso finalizar no travessão.

Ao rolar a bola, o capitão e ídolo Fred foi expulso ao levar o segundo cartão amarelo. Na sequência, o árbitro sinalizou fim da partida e, a partir disso, começou uma confusão por parte dos jogadores do Botafogo, que não aceitaram o término, com um lance de falta para o time.

Próximo jogo
Com a classificação, o Fluminense avança para a final do Cariocão e a primeira partida da decisão já está próxima. O confronto com o Flamengo será na quarta-feira (30), ainda sem horário definido.

O Botafogo se despede do estadual após quarto lugar na Taça Guanabara e participação até a semifinal. Agora, terá um longo período de folga e treinos até a estreia do Campeonato Brasileiro, marcado para começar no final de semana do dia 10 de abril. O adversário será o Corinthians.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 1 x 2 Botafogo
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data e hora: domingo (27/03), às 16h
Árbitro: Paulo Renato Coelho

Gols: Erison, aos 47’/1ºT e aos 46’/2ºT (Botafogo); Germán Cano, aos 52’/2ºT (Fluminense)

Cartão vermelho: Fred, aos 55’/2ºT (Fluminense)

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Luccas Claro, Manoel (Nonato) e David Braz; Calegari, André, Martinelli (Yago Felipe), Pineida (Cris Silva); Willian (Fred), Jhon Arias (Ganso) e Germán Cano. Técnico: Abel Braga.

BOTAFOGO: Douglas Borges; Daniel Borges, Philipe Sampaio, Kanu, Jonathan Silva (Hugo); Kayque (Juninho), Barreto (Romildo), Chay; Luiz Fernando (Gabriel Conceição), Rikelmi (Vinícius Lopes) e Erison. Técnico: Lúcio Flávio.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *