728X90

Justiça aceita denúncia, bloqueia R$ 86 milhões e ex-governador, empresário e outras 15 pessoas viram réus

A decisão determinou ainda o bloqueio de R$ 86.6 milhões do envolvidos pelos crimes de organização criminosa

Por araguaianews em setembro 28, 2021

A juíza Ana Cristina Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, recebeu a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) e tornou réus o ex-governador Silval Barbosa, o empresário Eder Pinheiro [dono da Verde Transportes[, e mais 15 pessoas no âmbito da “Operação Rota Final”.

A ação investigou um suposto esquema entre empresários e servidores públicos para impedir a licitação do setor de transporte público intermunicipal. “Verifico, ainda, que a denúncia preenche os requisitos previstos no artigo 41 do Código de Processo Penal, pois o Ministério Público descreve os fatos, com todas suas circunstâncias e qualifica os acusados”, diz trecho da decisão.

O processo foi desmembrado pelo desembargador Marcos Machado, do Tribunal de Justiça (TJMT) após o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) e o suplente Pedro Satélite (PSD) também se tornarem réus  no processo.  Ambos serão julgados da segunda instância do TJ, em razão do foro especial por prerrogativa de função parlamentar. A decisão do último dia 22 de setembro e foi publicada nesta segunda-feira (27).

A decisão determinou ainda o bloqueio de R$ 86.6 milhões do envolvidos pelos crimes de organização criminosa, entre imóveis, carros, apartamentos e contas bancárias.

A denúncia foi ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPE) em julho e narra crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, impedimento e perturbação à licitação, afastamento de licitantes e crime contra a economia popular.

Além do ex-governador e do empresário, também passam a ser réus Max Willian de Barros Lima (braço-direito do Éder Pinheiro), Júlio César Sales de Lima (presidente da Setromat), Wagner Ávila do Nascimento, José Eduardo Pena, Adriano Medeiros Barbosa, Andrigo Gaspar Wiegert (filho de Pedro Satélite), Glauciane Vargas Wiegert (Esposa de Pedro Satélite).

E ainda Francisco Gomes de Andrade Lima Filho (o Chico Lima, procurador aposentado), Francisco Gomes de Andrade Lima Neto (filho de Chico Lima), Carla Maria Vieira de Andrade Lima (esposa de Chico Lima), Luís Arnaldo Faria de Mello, Idmar Favaretto, Marcos Antônio Pereira, Alessandra Paiva Pinheiro e Cristiane Cordeiro Leite Geraldino.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *