19.8 C
Alto Araguaia
domingo - 16 junho - 2024
HomePolíticaMauro Mendes alerta sobre queda na arrecadação e defende cautela no controle...

Mauro Mendes alerta sobre queda na arrecadação e defende cautela no controle dos gastos públicos

Governador disse que com arrecadação menor, investimentos, concessões e comércio também ficam retraídos [Foto – Christiano Antonucci]

O governador Mauro Mendes (União Brasil) confirmou que Mato Grosso enfrenta uma queda no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e alertou sobre um “sinal amarelo” nas finanças do Estado. 

A declaração foi feita nesta segunda-feira (3) durante o evento que marcou a nomeação de 30 novos fiscais de tributos estaduais da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz). “A receita do ICMS não está se comportando como deveria. Existem fatores que explicam isso, como a queda da produção, do preço das commodities, porque custando menos vai colocar um número menor de dinheiro em circulação. E com dinheiro a menos, uma série de investimentos, concessões e comércio também são retraídos”, destaca.

No entanto, o governador não forneceu detalhes sobre a magnitude da queda na arrecadação do principal imposto estadual. “Portanto, é momento de ter cautela, de ter cuidado com o gasto público para não permitir que o Estado volte ao que já foi ou que perca sua capacidade de fazer investimento, porque isso melhora a qualidade de vida das pessoas”, seguiu Mendes.

O secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, também destacou a queda na arrecadação e mencionou a quebra de 15% nas safras de milho e soja, além da redução de preços, como fatores que contribuíram para a frustração da receita estadual.

Outro ponto destacado por Mendes foi o aumento das despesas em comparação com a receita do Estado. Segundo o governador, enquanto no ano passado a receita cresceu 5%, a folha de pagamento, que é a maior despesa de Mato Grosso, aumentou o dobro, atingindo 10%.

Fonte: O Documento

OUTRAS NOTÍCIAS