728X90

Se Pivetta desistir de disputar em 2022, deputada defende que vice de Mauro continue sendo uma liderança do Nortão

Caso o democrata dispute a reeleição, deve ser tirado do Nortão mato-grossense

Por araguaianews em setembro 5, 2021

A deputada estadual Janaína Riva (MDB), depois de admitir que seu grupo político trabalha o nome do senador Wellington Fagundes (PL), para uma dobradinha com Mendes nas eleições de 2022, entende que o candidato a vice-governador, caso o democrata dispute a reeleição, deve ser tirado do Nortão mato-grossense.

“Acho que é importante num contexto onde temos um candidato, que é o governador, da Baixada Cuiabana, o senador Wellington, que é de Rondonópolis, trabalhar um vice que seja do Nortão de Mato Grosso, contemplando assim alguns cantos do Estado. Ainda vai faltar um pedacinho, mas essas são as maiores regiões de votos do Estado”, disse a parlamentar.

Conforme Janaína Riva, a região Norte de Mato Grosso é a segunda do Estado em número de eleitores. “São mais de 450 mil votos, e seria uma forma de manter a representatividade da região, uma vez que o atual vice, o [Otaviano] Pivetta, é da região”. Conforme a deputada, é uma região que cresce muito junto com o agronegócio e merece uma representatividade na chapa majoritária.

Caso o vice-governador Otaviano Pivetta, sem partido, fique fora da disputa, o MDB é um dos partidos que pretende indicar o vice de Mendes numa eventual reeleição. Inclusive, há uma conversa dos deputados da base do governador na Assembleia para que a indicação, com Pivetta fora da disputa, fique com o Parlamento.

Nesse prisma, a deputada do MDB tem seu nome cogitado ao lado dos também deputados Eduardo Botelho (DEM), primeiro-secretário da ALMT, e do presidente da Casa de Leis, deputado Max Russi (PSB), para fazer parte da dobradinha com Mauro Mendes. “As conversas estão ocorrendo, mas vou ficar firme na defesa de que o nome saia do Nortão”, garantiu a parlamentar.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *